Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quer que embrulhe?

por Daniel João Santos, em 11.06.15

Vender a TAP por 10 milhões de Euros não é vender a companhia de aviação a preço de saldo. Sim, 10 milhões não é vender é oferecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não se percebe...

por Eduardo Louro, em 16.05.15

Hoje no Expresso: 350 milhões para a TAP, 35 mil para o Estado

 

Olho para a capa do Expresso e olho para as contas da TAP. Vejo um Passivo remunerado de 1.061 milhões de euros, e Capitais Próprios negativos em 512 milhões, e não percebo. Que o governo, como o primeiro-ministro foi esta semana dizendo, venda por valor simbólico - 1 ou euro ou 35 milhões, no caso não fazem grande diferença - pode aceitar-se. Que não entre capital para, no mínimo, retirar a TAP da situação de falência técnica é que não se aceita. Nem se percebe. Mas nisto de privatizações - e não é só nesta - já há tanta coisa que não se percebe...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais um caso de dupla personagem

por Eduardo Louro, em 02.05.15

 

A greve dos pilotos da TAP lá vai fazendo o seu percurso, os seus estragos - mesmo que pouco passe de um flop - e a sua história, cheia de estórias. Uma delas foi-nos contada pela RTP, e passa-se à volta de uma dupla personagem: o piloto Lino da Silva, que é o consultor financeiro do Sindicato Paulo Rodrigues, a lembrar outras estórias, também de viagens e aviões, em que o árbitro Carlos Calheiros encarnava o passageiro José Amorim.  

Lino da Silva é um piloto de longo curso que os colegas respeitam.  Paulo Rodrigues é o Lino da Silva que deixa de ser piloto para passar a ser economista e consultor de quem os pilotos desconfiam, e a quem o sindicato paga os serviços a 280 euros por hora. Valor que a direcção do sindicato acha normal, e que só na preparação desta greve já rendeu a um e custou à outra 170 mil euros.  

Paulo Rodrigues não é sindicalizado, mas os pilotos sentem-no dono do sindicato. A direcção garante que não, que ele só faz as contas que lhe manda fazer. Mas acha justo o preço de 280 euros por hora para simplesmente lhe fazeram as contas que lhe entende mandar fazer.

Diz ainda a direcção que a contratação dos serviços do consultor/piloto constava do programa eleitoral da candidatura.  Acha que isso lhe legitima a decisão, sem perceber que mais aprofunda ainda a suspeita.

Às vezes, e quase sem darmos por isso, lá vão aparecendo umas pontas das cordas do enforcamento colectivo a que este país foi condenado

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para que conste

por João António, em 01.05.15

Para que conste hoje comuniquei à Administração da empresa onde trabalho que : ou me dão 20% da empresa ou faço greve .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Efromo?

por Daniel João Santos, em 20.12.12

Finalmente, dadas as perspetivas de quem compraria a TAP, o governo recua a grande vapor. O que se espera, se é que se pode esperar algo desta gente, será que se meta a ideias desta privatização de uma vez por todas no bolso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Promoções de Natal

por Daniel João Santos, em 18.12.12
Existem promoções de natal e promoções de natal. Vender a ANA e depois a TAP, é uma daquelas promoções que se dispensa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fico chateada, é claro que fico chateada!

por Zélia Parreira, em 07.03.12

Depois de dois meses de espera, os trabalhadores da TAP ficaram ontem a saber que vão manter os salários intactos em 2012, contrariando as imposições do Governo para o Sector Empresarial do Estado desde o ano passado.

No final do ano a TAP tinha pedido ao Governo para que esta excepção lhe fosse concedida. Enquanto esperava pela decisão do Governo, aplicou um regime menos penalizador aos trabalhadores, fazendo reduções inferiores ao que estava obrigada. Em vez de um emagrecimento entre 3,5 e 10%, cortou apenas o montante correspondente a uma percentagem entre 1,75 e 5%. Na segunda-feira chegou a decisão: Nem um só corte e o dinheiro entretanto retirado aos funcionários nos dois primeiros meses do ano será agora devolvido.

E nós, comuns mortais com os pés irremediavelmente colados ao chão?
             

Autoria e outros dados (tags, etc)

Demagogia em estado puro

por Daniel João Santos, em 25.06.11

Pedro Passos Coelho, não poupou dinheiro ao Estado com a sua opção de viajar esta semana para Bruxelas em classe económica. Segundo o que foi apurado os membros do governo não pagam bilhete na TAP.

 

Para além de demagógico o anuncio que o PM fez é de puro amadorismo. Falta-lhe o Luís para lhe explicar se ele fica melhor de um lado ou do outro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A pergunta que se impõe fazer

por Daniel João Santos, em 23.06.11

Em que medida a viagem em classe económica de Passos Coelho vai ajudar Portugal?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estardalhaço

por Daniel João Santos, em 18.11.10

Hoje começam as restrições aéreas em Portugal devido à cimeira da Nato. A TAP já se encontra a estudar um possível pedido de indemnização ao Estado por perdas com as restrições.

Autoria e outros dados (tags, etc)