Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"A vitória já aconteceu"

por Eduardo Louro, em 27.10.15

 

 

 

"A vitória já aconteceu"!

Sem dúvida, Luaty. Nada será o mesmo daqui para a frente... A vitória aconteceu também na tua decisão: os heróis mortos servem de exemplo, pela memória; os heróis vivos são o exemplo. Os heróis vivos, mais que exemplo, são líderes naturais das causas. Que não se perdem. E tu és um herói, por mais anti-herói que sejas!

"A vitória já aconteceu"... Como escreve na carta onde anuncia o fim da greve de fome, dirigida aos companheiros de prisão: " Tive a oportunidade de me aperceber do que nos espera lá fora e queria partilhar convosco o que vi: Vi pessoas da nossa sociedade, que lutaram pelo nosso país e viveram o que estamos a viver, a saírem da sombra e a comprometerem-se em nossa defesa, para que a História não se repita. Vi pessoas de várias partes do mundo, organizações de cariz civil, personalidades, desconhecidos com experiências de luta na primeira pessoa que, sozinhos ou em grupo, se aglomeram no pedido da nossa libertação. Já o sentíamos antes, mas não com esta dimensão”.

Nada vai continuar como dantes!

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De poetadorisco a 27.10.2015 às 15:16

A greve de fome de Luaty Beirão terminou! Finalmente.
Porque ele faz mais falta e mais mossa vivo do que morto.
Morrer seria ceder ao objetivo do governo assassino de Luanda que se preparava para o deixar morrer.
A sua greve de fome foi um enorme megafone a gritar ao mundo democrático que não pode continuar a ignorar os atentados aos direitos humanos em Angola.
Nem que seja porque há muito petróleo noutras zonas do planeta.
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 27.10.2015 às 19:20

esperemos que isto tudo não caia no esquecimento.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.10.2015 às 22:52

Basta de reprimir o povo angolano.
Com o sofrimento destes Homens o Mundo parece ter acordado para a ditadura em Angola.
Será que o José Eduardo gostava de estar do outro lado da BARRICADA onde retém o povo a passar mal, Fome miséria e muito mais????????



















Sem imagem de perfil

De Joao a 28.10.2015 às 05:25

Mais duas semanas e o unico beirao que vai ficar na memoria vai ser o licor.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.10.2015 às 07:09

Parou com a greve de fome porque o governo angolano nunca deu a atenção que este ativista pretendia e ía deixá-lo a morrer da dita cuja "greve de fome", sim escrevi desta maneira porque se ele quisesse escandalizar o mundo deixava mesmo de comer e aí sim o mundo ficava impressionado com as sequelas de um ser malnutrido!
Sem imagem de perfil

De Beto a 28.10.2015 às 09:41

A 'unica 'alimentação' que teve foi soro! O que, como deves saber, não nutre nem alimenta...apenas mantêm os orgãos vitais a reagir da melhor maneira possível.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.10.2015 às 07:15

Mais um "ativista" falhado! O governo de Angola deve estar a rir da situação!
Sem imagem de perfil

De Beto a 28.10.2015 às 09:39

Será racismo isso? Parece...

Não falhou nem por um segundo. Mostrou ao Mundo o que se vive em Angola. Uma ditadura 'silenciosa' no quel o presidente escandalosamnete reprime o povo. E a riqueza dele multiplica-se a cada dia que passa.

Luaty mostrou isso tudo! Que bom que ele parou. Agora é recuperar a nutrição e vir com mais força lutar pela liberdade!

Comentar post