Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O estado do bolso vazio

por Daniel João Santos, em 07.09.11

"Cortes racionais, estruturais e sustentáveis na despesa exigem tempo para desenhar as soluções e tempo para as executar", diz Vítor Gaspar, Ministro das finanças.

 

Só podia concordar com as afirmações de Vítor Gaspar se ele não fosse ministro. Quando Pedro Passos Coelho se candidatou afirmou que sabia onde iria actuar, qual o caminho que seguiria, que o PSD actuaria rapidamente no corte das famosas "gorduras do Estado.

 

Cem dias depois, três conferências de imprensa de aumento de impostos, Vítor Gaspar ainda está a desenhar os tão urgentes cortes na despesa. 

 

É de bom tom dar um tempo de estado de graça a qualquer governo,  mas três longos meses de ataque ao bolso dos portugueses destrói qualquer estado, apenas cria o estado do bolso vazio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A pergunta que se impõe fazer

por Daniel João Santos, em 15.07.11

Alguém sabia que Vítor Gaspar para além de Ministro das Finanças também é tradutor?

Autoria e outros dados (tags, etc)