Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Já cá faltava este.

por manuel gouveia, em 03.08.10

Em declarações hoje à agência Lusa, Marinho Pinto considerou lamentável que o inquérito tenha sido encerrado com os procuradores Vítor Magalhães e Paes Faria a colocarem no despacho final as 27 perguntas que gostariam de ter feito a José Sócrates, mas que não o fizeram alegando falta de tempo.

 

«Encerram o inquérito e têm lá 20 e tal perguntas que dizem que não puderam fazer por falta de tempo. Isso é chamar estúpido ao povo português», afirmou.

 

 

Esta forma de dizer as coisas, com o charme típico à Alberto João, apenas nos recorda que isto vai de mal a pior e nós ainda vamos achando graça.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De joshua a 03.08.2010 às 18:36

Eu não sei se as vinte e tal perguntas divulgadas corresponde a chamar estúpido ao Povo Português, mas sei que o cavalar branqueamento do problema operado por Marinho nos chama a nós, na prática, respeitosíssimos jumentos.
Imagem de perfil

De manuel gouveia a 03.08.2010 às 20:52

Dêem-nos uma cenoura...
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 03.08.2010 às 21:42

Nós que não queremos e estamos fartos de ouvir Sócrates, este pobres procuradores querem e não conseguem ouvir.
Sem imagem de perfil

De Sílvia a 04.08.2010 às 09:26

Não acho graça nenhuma e parece-me que Marinho Pinto, não usando muitas vezes da elegância no discurso que as regras desta regrada sociedade impõem, tem a habilidade e a ousadia de expressar aquilo que toda a gente pensa e nem toda a gente diz.

Comentar post