Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Coisas do tempo. Deste tempo!

por Eduardo Louro, em 08.06.13

Ontem, Vítor Gaspar garantiu que não havia investimento por culpa da chuva. Hoje a chuva apareceu só para dizer que não. Que não tem culpa nenhuma disso. Nem do Vítor Gaspar ser parvo!

E deixou-se ficar. Não que ache que isto seja sítio para se ficar, mas porque acha que quem o aguenta há tanto tempo também a aguenta bem num fim-de-semana prolongado. Mesmo que às portas do Verão!

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 08.06.2013 às 22:39

até a chuva chateia Gaspar, coitado dele.
Imagem de perfil

De Eduardo Louro a 09.06.2013 às 21:37

A chuva chateia o Gaspar. O Gaspar chateia a chuva. O Gaspar chateia-nos a nós. A chuva não precisava, bem podia chatear só o Gaspar...
Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 09.06.2013 às 10:56

A chuva é outra. É mais a enxurrada de alquimistas de vão de escada pretensos detentores de soluções, desde políticos a cheirar a mofo até colunistas com carta de navegação de maré, passando por parentes ressabiados e andrajosos. Nunca um povo teve tantos defensores pastosos em ranho de caracol. Cabeças de aluguer é o seu negócio.
Imagem de perfil

De Eduardo Louro a 09.06.2013 às 21:38

Bom... isso tudo é uma grande trovoada!

Comentar post