Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Impõe-se com urgência uma greve do cú

por anonimodenome, em 01.10.12
Era uma vez um corpo em litígio. A cabeça queria tomar posse de tudo porque lhe cabia a difícil tarefa de tomar decisões. As pernas achavam-se mais importantes porque sem elas o corpo não saía da cepa torta. E quem não reconhece a extrema habilidade das mãos? Até a boca deitou sentença: eu falo ! eu como ! Se querem comida têm de pedir a mim e estou farto de comer para dar aos outros. O fígado lembrou : eu sou o banco ! Se querem energia têm de me dar o poder.
Calaram-se todos alguns dias depois de o cú ter entrado em greve.
Esta é uma história antiga que a mãe contou.

Hoje temos um corpo (sociedade) que está a morrer porque o fígado (os bancos) está canceroso e cresce desmesuradamente arrastando o organismo para a falência.

Impõe-se com urgência uma greve do cú.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De manuel gouveia a 01.10.2012 às 14:27

Uma vez que somos tratados como o cu desta sociedade, o melhor mesmo é assumirmos isso.
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 01.10.2012 às 21:11

olha que bem visto.
Sem imagem de perfil

De Cirrus a 01.10.2012 às 23:04

Muito bem visto. Mas lembro-me de a anedota original meter mais órgãos!! :D

Comentar post