Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fado património imaterial da humanidade

por Daniel João Santos, em 27.11.11
A partir de agora, o fado não é apenas a canção de Portugal, a canção de Severa, Marceneiro, Amália, Carlos do Carmo, Camané e Carminho - é um tesouro do mundo. Um tesouro que fala de Portugal, da sua cultura, da sua língua, dos seus poetas, mas que também tem muito de universal nos sentimentos que evoca: a dor, o ciúme, a solidão, o amor. (Publico)

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Marão a 27.11.2011 às 14:16

VIVA O FADO
A minha repulsa pelos oportunistas de merda que se a minha memória não dói ainda à pouco o menorizavam ou mesmo o consideravam praga nociva dos 3 Efes. E que agora desavergonhadamente se penduram nas cordas das nossas guitarras e nas gargantas ensanguentadas dos nossos fadistas. O pau de uma guitarra gasta que os parta. Ressuscita Amália, canta e encanta para os que sempre se curvaram perante a tua voz e os nossos fados, e aos cavalgadores de todas as ondas, muitos deles que te quiseram sepultar em vida vota-os ao desprezo porque de os matar não serias capaz. Puta parilho como diria a típica figura do Senhor Xaramindêlo da Maquela do Zombo do meu tempo de tropa.
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 27.11.2011 às 14:51

Não aprecio, mas enche-me de orgulho.
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 28.11.2011 às 19:18

eu gosto, mas não de todo. É uma boa noticia.
Sem imagem de perfil

De Zé Povinho a 27.11.2011 às 21:36

Esta distinção por si só apenas nos enche de orgulho, mas bem aproveitada pode também dar uma ajudinha ao sector turístico e cultural, atraindo mais estrangeiros ao nosso cantinho. É preciso um pouco de imaginação e um dose de bom gosto para cavalgar esta onda.
Abraço do Zé
Sem imagem de perfil

De 500 (azorradabovista.blog) a 27.11.2011 às 22:30

O fado não faz parte das minhas prioridades, mas reconheço que é um valor cultural português; o assunto parece ter sido bem defendido e não deixo de ter orgulho de ter sido colocado no mapa-mundi da Cultura. Tudo o que de positivo possa levar o nome do nosso país por esse mundo fora é bem-vindo.
Sem imagem de perfil

De CBO a 27.11.2011 às 23:15

Gosto (moderadamente) de Fado, atribuo à escolha o valor que ela tem, mas não me desvio do essencial. Para além do orgulho nacional, o que iremos fazer com esta distinção?
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 28.11.2011 às 19:19

preservar, dinamizar e aproveitar.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.11.2011 às 11:41

Independetemente de se gostar ou não de fado, fica realmente essa colagem da «intelectualidade» de então que agora voltou a achá-lo «do povo».
Fez bem em apontar a incoerência.
Sem imagem de perfil

De Luís Paulo Rodrigues a 28.11.2011 às 15:18

O fado é património mundial. É um grande desafio e uma grande oportunidade para vários responsáveis do Governo português, nomeadamente da Cultura, da Economia e do Turismo. Tal como no fado, também na economia e no turismo só quem tem unhas é que toca guitarra.“
Imagem de perfil

De Cristina Torrão a 28.11.2011 às 19:22

Não me deixam ver/ouvir, Daniel, o vídeo não está disponível na Alemanha
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 28.11.2011 às 19:27

procura encontrar, está fantástico.
Sem imagem de perfil

De clara a 28.11.2011 às 22:28

como sempre torce-se e retorce-se a opinião de quem tem opinião.
na altura, quem criticava o fado e os 3 f, fado, futebol e fátima ... criticava o fado que despertava o sentimento do Portugal desgraçadinho, pobrezinho, lamuriento. Pobrezinho, mas limpinho... dos amores de faca na liga. Nunca se criticou a guitarra do Carlos Paredes, os fados cantados nas casas de fado um pouco por todo o lado... agora que o fado era uma bandeira do regime, era. quem enfiar a carapuça, que enfie.
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 29.11.2011 às 20:55

muito bem colocado.
Sem imagem de perfil

De e. a 29.11.2011 às 09:46

Bom Dia Daniel,

Belissíma escolha! Já tive oportunidade de ver ao vivo e devo dizer que é arrepiante...é sentimento puro, genuíno.
Afinal ainda existem coisas boas neste cantinho à beira mar plantado e não me refiro só ao Fado, o vosso blog também é um excelente exemplo.
Bem Hajam pelos bons momentos que me proporcionam.
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 29.11.2011 às 20:56

Um muito, mas mesmo muito obrigado.

Comentar post